Guia virtual de crânios de mamíferos coletados e depositados no Espírito Santo

A morfologia craniana se apresenta como um importante caractere de identificação taxonômica em mamíferos, uma etapa fundamental em estudos sobre a biodiversidade. Estudos da forma podem se tornar instrumentos cruciais em estudos de sistemática filogenética, podendo também ser a base para estudos biogeográficos, ontogenéticos, morfométricos e genéticos. As coleções biológicas constituem uma das mais importantes fontes de informações sobre a composição, distribuição e conteúdo da biodiversidade. O Espírito Santo conta com duas coleções biológicas de mamíferos que juntas possuem 5358 espécimes de mamíferos pertencentes a 219 espécies coletadas no estado e devidamente identificadas em seu acervo. O objetivo principal desse projeto foi realizar estudos de morfologia craniana de mamíferos, ilustrar um espécime de cada uma das espécies tombadas em coleções e integrar, em uma compilação em formato de guia virtual, as imagens obtidas de materiais osteológicos contidos nas coleções biológicas de mamíferos do Espírito Santo, tornando-as amplamente disponíveis em ambiente on-line para a comunidade científica e educacional.

As informações sobre os espécimes foram retiradas dos dados das coleções biológicas, sobre roedores foi utilizado o livro "Guia dos Roedores do Brasil - Com chaves para gêneros baseadas  em caracteres externos", para os textos sobre os Chiroptera foi usado o livro "Morcegos do Brasil" (N. R. dos Reis, A. L. Peracchi, W. A. Pedro, I. P. de Lima) e para os demais táxons, o livro "Mamíferos do Brasil" (N. R. dos Reis, A. L. Peracchi, W. A. Pedro, I. P. de Lima).